Páginas

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Lembranças



Fui uma criança criada dentro de um restaurante, muito mimada filha mais nova, vivia tomando refrigerantes, sorvetes, chocolates, era só pedir que podia comer um xis, batata frita a qualquer hora. Era tão mimada porque tinha asma, o que também piorou a minha situação contra a balança.
Pois tomava muitos medicamentos que me ajudaram a engordar.
Sofri muito na escola como quase toda criança gordinha.
Cresci ouvido me dizerem, É tão bonitinha, mas se fosse mais magrinha. Isso me feria por dentro, por mais que soubesse que era verdade, é claro que se eu pudesse escolher nunca queria ser gordinha.
Não conseguia acompanhar as aulas de educação física na escola por causa da minha falta de ar, que era a asma.
Me tornei um pouco desajeitada, descoordenada e desastrada até hoje. Lembro que minha mãe me colocou na natação, tem estudos que comprovam que é muito bom para asma, mas como eu não tinha coordenação motora por não participar das aulas de educação física acabei ficando com vergonha e não querendo mais ir. Lembro que eu adorava as aulas mais o orgulho e a vergonha, falavam mais alto.
E assim como a natação estava sempre tentando uma atividade nova fiz aulas de dança.
Até entrei para um time de Handebol quando mais mocinha, maior erro da minha vida, pois como não sabia nem segurar a bola era motivo de piada e só ficava esquentando o banco para a sorte do time, rsrsrsrs....
Então passei a maior parte da minha infância brincando de Barbie na frente da tv. Eu tinha meu cantinho na sala da minha mãe, que era bem na frente da tv e ali eu ficava a maior parte do tempo. No fundo eu sonhava que crescendo eu ia ser magrinha igual a
Barbie, só que não fazia nada para tornar meu sonho realidade e as tentativas da minha família acabavam não dando certo, eles bem que tentaram, eu era só uma criança.
E pior ficava muito tempo na frente da tv, lembro que quando passava uma propaganda de refri eu tinha que ir lá é tomar um refri ou de chocolate, de qualquer coisa que passasse na tv eu ficava com vontade de comer.
Naquele tempo não se ouvia falar de nutricionista a minha cidade muito menos.
Quando comecei a ficar mocinha de um 12 anos em diante, comecei a tentar fazer todo tipo de dieta, só que nunca fiquei nem um ano com o mesmo peso. Emagrecia e engordava tudo rapidinho.
Fiz a dieta da sopa, do abacaxi, da lua e deve ter mais alguma que não lembro, pois era só ter uma nova que lá estava eu copiando, naquela época não tinha nem computador em casa, copiava as dietas na mão e as fazia, quase desmaiava de fome algumas vezes.
Aproveitei o dia de hoje para escrever um pouco sobre minha infância, mas depois conto mais sobre minha vida de ex gordinha.  
            

5 comentários:

disse...

É isso aí estou com vc! comecei minha dieta semana passada, já fugi dela quase todos os dias, mas estou tentando me establecer e me manter estável, vou conseguir! bjos

Giovanna disse...

oi como histórias de gordinhas são parecidas nè.. bem siga em frente, e vamos conseguir eliminar tudo.
estou seguindo vc.
bjos

gi

Pri Mendes disse...

É amiga, como a Giovanna disse, histórias de gordinhas são sempre bem parecidas... rs O importante é que agora somos adultas e sabemos o que é melhor para a nossa saúde e por isso, optamos por essa mudança em nossa vida. É uma caminhada longa, mas que juntas conseguiremos seguir em frente e daqui a algum tempo, poderemos falar sobre as histórias ex gordinhas!!! Adoroooo!!! hehe
Beijinhos e continuemos firmes!

Priscila Couri / MeL disse...

olá passando pra conhecer o seu cantinho! Q ótimo - 10kg em apenas um mês!!!!
continue seguindo firme!

Beijos

Rayssa disse...

Oiii, adorei seu blog, vi que você perdeu 10 kilos, parabéns, sei como é dificil, fiz o meu blog hoje pra me ajudar, vou ficar muito feliz com a sua visita. Um beijo Rayssa aicanseimesmo.zip.net